Quando o corpo comunica nossas dores ou dificuldades emocionais.

Psicossomática: O corpo fala as dores da alma.

Enxaqueca inexplicada, gastrite nervosa, erupções cutâneas, alergias das mais diversas, dores de estômago, de garganta, nas costas, e por aí vai…
Quando ultrapassamos nossos limites psicológicos e não podemos lidar habilmente com determinadas emoções, pode ocorrer o que a psicologia nomeia como psicosomatização, ou seja, é quando o corpo fala pela pessoa através de sinais físicos, instalando ou agravando doenças.
Alguns exemplos de situações que sobrecarregam e impactam negativamente nosso emocional e que quando não tratados podem refletir em doenças no corpo são: sentimentos de culpa, sentimentos de rejeição, medo, dependência, mudanças na vida das mais diversas naturezas, sentimento de impotência, traumas dos mais variados tipos, tristeza, ansiedade generalizada, perdas…
Esses impactos emocionais, por sua vez, afetam o sistema imunológico que dá abertura à respostas físicas que aparecem através de sintomas, como os citados no início dessa matéria.
Os primeiros sintomas são expressões que comunicam a existência de um conflito emocional / psíquico e, se não tratado, irá desencadear a doença física.

O corpo, à medida que os sintomas vão sendo ignorados, vai agravando o problema até que a pessoa se dê conta de que algo ruim está acontecendo e para que tome alguma atitude para mudar a situação.

Como a doença física é o efeito e a dificuldade emocional é a causa, tratar apenas a doença física poderá curar aquele quadro enfermo físico específico, mas a dor emocional permanecerá e outras doenças irão surgir.
Assim, é indispensável o tratamento da dor psíquica através de processo psicoterápico.
Entretanto, havendo sido instalada uma doença no corpo físico, não haverá mais como tratar apenas a emoção que desencadeou tudo, sendo necessário também tratar a doença física.
Portanto, tomar contato com as nossas emoções, se conhecer e conhecer suas respostas emocionais nos momentos de impactos  da vida, vai permitir a redução da dor, do sofrimento e do processo de adoecimento.
O homem é um ser integral. Corpo e mente sempre trabalham juntos!
Autoconhecimento é um ato muito importante para nossa saúde integral, seja para buscar a cura ou prevenir doenças.
Cuidando da mente e da emoção, você cuida da vida!
Texto por: Bianca Pavan
Psicóloga

Posted by Instituto Curarte

Deixe uma resposta